YOGA - HOW TO WRITE IT

Capas de Livros dos Verdadeiros Mestres do Yoga, em todos os Tempos, e Autores em todas as Línguas dos principais Países onde o Yoga é ensinado, bem como das principais Revistas do Yoga de todo o Mundo

"Yoga" é um termo masculino. Em Samskrta (antiquíssima língua Indo-Europeia), as palavras terminadas em -A são masculinas. Em português, as palavras terminadas em -A são de modo geral de género feminino, embora possamos encontrar muitas de género masculino, como é o caso de "o Yoga".

Podemos acrescentar que "o Yoga" se escreve com Y em todo o Mundo e é naturalmente considerada grave falta de conhecimento desta arte Filosófica, a sua adulteração, qualquer que ela seja. É pois absurdo que os profissionais portugueses do Yoga façam comunicações ou escrevam livros sobre Yoga começando com o título incorrectamente escrito. Um livro sobre Yoga, por muito competente que seja, com "ioga" ou qualquer outra adulteração, no frontispício não seria nem sequer aberto por qualquer Grande Mestre Internacional, e seria considerado presunçoso, ridículo e até ofensivo. A palavra "Yoga" não leva qualquer acento, na Índia, ou em qualquer parte do mundo.


Qualquer que seja o motivo evocado, a milenar palavra jamais deverá ser desvirtuada, devendo continuar a ser escrita de forma única em todo o Mundo.

YOGA

 

Na Índia e nos Países Anglo Saxónicos - Estados Unidos, Inglaterra, etc.

           

 
           

 
           

 
           

 
           

 
           

 
           

 
           

 
     

 

 

Em França
 
                 

 
Em Castelhano - Espanha, Argentina, etc.
 
           

 
           

 
           

 
           

 
     

 
Língua Portuguesa - Brasil e Portugal
 
           

 
           

 
           

 
           

 
           

 
Outras Publicações - Revistas, etc.
 
           

 
           

 
           

 
YOGA - HOW TO WRITE IT

Capas de Livros dos Verdadeiros Mestres do Yoga, em todos os Tempos, e Autores em todas as Línguas dos principais Países onde o Yoga é ensinado, bem como das principais Revistas do Yoga de todo o Mundo

"Yoga" é um termo masculino. Em Samskrta (antiquíssima língua Indo-Europeia), as palavras terminadas em -A são masculinas. Em português, as palavras terminadas em -A são de modo geral de género feminino, embora possamos encontrar muitas de género masculino, como é o caso de "o Yoga".

Podemos acrescentar que "o Yoga" se escreve com Y em todo o Mundo e é naturalmente considerada grave falta de conhecimento desta arte Filosófica, a sua adulteração, qualquer que ela seja. É pois absurdo que os profissionais portugueses do Yoga façam comunicações ou escrevam livros sobre Yoga começando com o título incorrectamente escrito. Um livro sobre Yoga, por muito competente que seja, com "ioga" ou qualquer outra adulteração, no frontispício não seria nem sequer aberto por qualquer Grande Mestre Internacional, e seria considerado presunçoso, ridículo e até ofensivo. A palavra "Yoga" não leva qualquer acento, na Índia, ou em qualquer parte do mundo.


Qualquer que seja o motivo evocado, a milenar palavra jamais deverá ser desvirtuada, devendo continuar a ser escrita de forma única em todo o Mundo.

YOGA

 

Na Índia e nos Países Anglo Saxónicos - Estados Unidos, Inglaterra, etc.

           

 
           

 
           

 
           

 
           

 
           

 
           

 
           

 
     

 

 

Em França
 
                 

 
Em Castelhano - Espanha, Argentina, etc.
 
           

 
           

 
           

 
           

 
     

 
Língua Portuguesa - Brasil e Portugal
 
           

 
           

 
           

 
           

 
           

 
Outras Publicações - Revistas, etc.